A MARCA DA PANTERA: FILME SENSUAL DIRIGIDO POR PAUL SCHRADER

dvd_snapshot_00.39_[2013.09.11_12.37.47]

 

Irena Gallier (Nastassja Kinski) descendente de uma linhagem de homens-panteras, que só se cruzam entre si, passa a ser perseguida pelo seu irmão Paul (Malcolm McDowell).Eles são resultado do cruzamento entre sua mãe(humana) e uma pantera. A zoofilia termo usado para denominar as pessoas que transam com animais é meramente sugerida no filme, já que se trata de uma obra cinematográfica e não um daqueles filmes pornôs que utilizam animais e pessoas no ato sexual.

Os felinos não são muito populares no cinema, poucos filmes utilizam estes animais como temas centrais dão preferência para os cães e cavalos, quando usam é de uma forma lúdica, como o personagem Garfield ou até mesmo o mais conhecido deles: A Pantera cor de rosa, que nada tem a ver com a pantera do filme de Schrader. Na Índia e no Egito Antigo os gatos são considerados animais sagrados, sempre envoltos no misticismo, na Índia quem têm um gato em casa estão livres dos maus espíritos.

Depois de muitos anos longe do irmão, Irena volta para casa em New Orleans e descobre fazer parte desta herança de felinos. As coisas se complicam quando Paul se transforma e some depois de atacar uma prostituta, os agentes do zoológico o capturam, e o deixam trancado em uma cela.

Enquanto isso sua irmã o procura pela cidade, indo parar justamente no local em que ele estar, como se ela farejasse até encontrar o local em que estava seu irmão. Depois de avistar uma pantera negra em uma das jaulas, ela conhece Oliver Yates (John Heard) funcionário do zoológico que prendeu Paul.

 Ao empregar Irena no zoológico, logo Oliver se apaixona por ela. Percebendo do interesse de Irena por Oliver, Paul transformado em pantera ataca outro agente, arrancando-lhe o braço fora.

Neste meio tempo Paul foge do zoológico fazendo mais uma vítima, uma curiosidade sobre os homens-panteras, é que depois que matam, voltam à forma humana, quando transam com um humano se tornam panteras novamente.

Para Paul a única maneira de serem livres é o relacionamento incestuoso que tenta ter com Irena, este lhe confidencia que os seus pais também eram irmãos. Depois de atacá-la na casa de Oliver, a pantera Paul leva um tiro da outra agente funcionária do zoológico.

Com medo de se transformar em pantera na hora do sexo, correndo o risco de matar seu namorado, Irena decide viver como felina e, se deixa capturar e passa a ser atração do zoológico da cidade.

A young woman's sexual awakening brings horror when she discovers her urges transform her into a monstrous black leopard_

SANGUE DE PANTERA

A Marca da Pantera (1982) é uma mistura de fantasia e terror com pitadas de erotismo. Tudo gira em volta do conflito do primeiro amor da jovem Irena e a descoberta do sexo, chega até ser ingênuo se pensarmos nos dias. Não para está personagem misteriosa.

Com toques que lembram a história do Lobisomem, em uma noite, ao despertar a personagem sai para caçar, isso mesmo, no melhor estilo do lobo, a diferença é que o Lobisomem só ataca quando está transformado em lobo. Nas cenas de caça da personagem, são feitas tomadas em que Kinski aparece em nu frontal, para delírio do público masculino.

Paul é interpretado pelo ator britânico Malcolm McDowell, mais conhecido como Alex DeLarge no filme Laranja Mecânica (1971), McDowell ficou estigmatizado pelo papel e até hoje é lembrado pelo personagem.

A Marca da Pantera é o remake de um filme feito em 1942 que se chamava Sangue de Pantera. Com argumento semelhante, porém, como o original foi feito na década de 40,época em que as mulheres ainda não tinham a liberdade sexual assumida perante a sociedade.

A jovem deste filme ao pensar em sexo, sentir ciúmes ou mesmo quando fica excitada ameaça se transformar em pantera. Irena é mandada pelo marido para um psiquiatra, pois este acha que são delírios de sua mulher e, que ela não se transforma em felina.

Sem ser assustador, lá se vão 31 anos de lançamento, é um entretenimento adulto, a cena em que o braço de um personagem é dilacerado pela pantera é o que chega mais próximo de uma classificação etária acima dos 18 anos, pode se incluir as cenas de nu e sexo também. O longa figura-se dentro dos filmes b lançados nos anos de 1980, que viraram cult e que envelheceram bem.

m

Criativo nas cenas de transformação, no início dos anos de 1980 a computação gráfica ainda engatinhava no cinema, por isso nem adianta torcer o nariz para os efeitos especiais, aqui o destaque é a maquiagem feita por Tom Burman no rosto de Kinski, se fosse hoje os efeitos digitais era que estariam presentes, até as panteras seriam feitas no computador. Na época em que o filme foi produzido panteras negras foram usadas de verdade durante as filmagens.

Teve duas indicações ao Globo de Ouro de 1983, canção e trilha sonora. A música tema Cat People, que é tocada na introdução foi composta pelo cantor inglês David Bowie e Giorgio Moroder. Cat People está no álbum lançado por Bowie intitulado Let´s Dance, o single fez muito sucesso nas rádios yankees e londrinas.

Foi durante as filmagens do filme O Fundo Do Coração (1982) de Francis Ford Coppola, que Paul Schrader encontrou Nastassja Kinski de Paris, Texas e a escolheu para a personagem Irena Gailler. Com uma beleza digna de uma verdadeira mulher-felina é ela quem mantém o interesse do filme.

Com um corpo levemente malhado, faz duas cenas de nu frontal, dos altos dos seus 21 anos. Filha do ator alemão Klaus Kinski (Doutor Jivago). Teve seu primeiro papel no cinema no filme Falsche Bewegung (1975) de Win Wenders. Aos 16 anos envolveu-se com o diretor franco-polonês Roman Polanski 28 anos mais velho que ela e, teve um relacionamento com o produtor musical Quincy Jones, com quem teve uma filha.

Nos últimos anos apareceu em produções para a televisão europeia e americana. Durante os anos 80 foi considerada um sex symbol, título dado para atores e atrizes que se destacam pela beleza. Nastassja tem hoje 52 anos, continua com a mesma beleza exuberante de outrora. Recentemente pôde ser vista no filme Império dos Sonhos (2006) de David Lynch.

O diretor Paul Schrader é mais conhecido como o roteirista dos filmes : Táxi Driver (1976) de Martin Scorsese e American Gigolo (1980) filme que lançou o galã Richard Gere, Vivendo na Corda Bamba (1978) foi o primeiro longa que ele dirigiu e roteirizou, que tinha Richard Pryor no elenco.

Schrader é casado com a atriz Mary Beth Hurt de O Mundo segundo Garp (1982) que já foi esposa do ator William Hurt, até hoje assina com o sobrenome do ex-marido.

Depois de 12 anos da parceira com Scorsese, voltou a trabalhar com o cineasta em A Última Tentação de Cristo (1988), responsável pelo roteiro. Foi perdido um dia de filmagens durante as gravações da A Marca da Pantera, porque Schrader teria ficado “doidão”, hoje em dia ele é um ex-adicto, assumido.

 

Anúncios